Tanchagem: guia completo da erva curandeira mais conhecida do planeta

Atualmente, as plantas medicinais vêm ganhando muita força no país, onde um grande destaque, com muitos comentários, é a erva tanchagem.

Dessa forma, estamos falando de uma planta que se destaca bastante devido ao seu poder medicinal, sendo uma excelente opção para problemas como tosse, gripes, e principalmente, as inflamações na garganta.

Logo, quem sofre constantemente com isso, pode usar essa planta como uma alternativa de tratamento totalmente natural para esse problema.

Ou seja, evitando medicamentos como anti-inflamatórios, por exemplo, que podem vir a causar diversos efeitos colaterais.

No entanto, a dúvida é: será que realmente vale a pena usar essa planta? Como preparar? Todos podem tomar?

Por fim, para que você possa entender simplesmente, citaremos a seguir um guia de uso completo a respeito da tanchagem, para que você possa usar ela agora mesmo.

O que é a tanchagem?

A tanchagem é uma planta medicinal com alto poder de cura em casos de gripes, tosses e inflamações na garganta.

Dessa forma, pertencente à família das Plantagináceas, ela possui um nome científico chamado de Plantago major, e sendo conhecida em todo o mundo.

Essa planta se trata de uma herbácea que pode alcançar até 30 centímetros de altura e é nativa da Europa, embora tenha se popularizado há muitos anos no Brasil.

É comum encontrá-la crescendo em terrenos abandonados, já que é uma planta do tipo daninha.

Hoje, especificamente o seu chá é a forma de consumo mais conhecida, mas ainda pode ser utilizada como pomada para a pele e cabelos.

A planta possui uma composição rica: potássio, cálcio, catapol, flavonoides, ácido salicílico, e dentre outros compostos.

Ou seja, graças a isso, muitos especialistas acreditam que essa planta possa trazer grandes efeitos a saúde, sendo bastante procurada em todo o mundo.

Para que serve?

As partes da folha da tanchagem se fazem o uso muito comum principalmente em casos de doenças respiratórias e infecções das vias respiratórias.

Isso porque, especialmente o chá de tanchagem atua como fluidificante das secreções brônquicas, aliviando a tosse e dentre outras opções.

Além disso, muitas pessoas fazem o seu uso em gargarejos para tratar infecções bucais e da garganta, como aftas, faringite, amigdalite e laringite.

O chá também pode ser usado para aliviar infecções urinárias, perdas de urina durante o sono, problemas de fígado, azia, espasmos de estômago, diarreia e como diurético para reduzir a retenção de líquidos.

Por fim, mesmo que usado em menores quantidades, algumas pessoas ainda utilizam da tanchagem para curar feridas, uma vez que alguns dos seus componentes são favoráveis para a cicatrização e coagulação do sangue.

Portanto, a tanchagem pode servir para uma série de vantagens, sendo usada para diversos fins na medicina natural.

Quais as propriedades da tanchagem?

Propriedades e beneficios da tanchagem
Chá da tanchagem

Caso você não saiba, as tanchagens são poderosas antimicrobianas, anti-inflamatórios e analgésicos.

Na planta, o princípio ativo responsável por trazer grande parte dessas funções, é uma substancia chama de aucubina.

Além disso, está planta também tem uma substância chamada de alantoína, que se trata de uma específica que ajuda na regeneração da pele.

Não é à toa que são plantas conhecidas por suas propriedades adstringentes, emolientes e fluidificante de catarros tanto no trato respiratório quanto no sistema digestivo.

Assim, é uma planta muito útil em estados gripais, diarreias e outras dificuldades resultantes de resfriamento ou viroses.

Na sua composição geral, as folhas das tanchagens, são ricas em cálcio e outros minerais, e vitaminas, mas, especialmente, em (vitamina) K sendo seu uso muito promissor no tratamento de cortes e feridas sangrentos.

Por esse motivo que falamos bastante a respeito de uma de suas funções, que se trata da cicatrização e coagulação do sangue.

Como usar a tanchagem?

Para ter acesso a essas propriedades, as folhas são agradáveis quando consumidas, frescas, em saladas e, as mais velhas, ficam melhor cozidas em sopas ou refogados.

A parte usada da Tancagem são suas folhas para fazer chá, cataplasmas ou para temperar algumas comidas, por exemplo.

Dessa forma, hoje você tem uma série de possibilidades em utilizar os benefícios dessa planta, o que permite um uso de diversas formas.

No entanto, o uso mais comum, e que se acredita ter maior eficácia em relação aos benefícios, é o famoso chá.

Sem contar que em partes, ele é um dos mais simples de fazer, e qualquer pessoa pode preparar sem maiores problemas.

Como fazer o chá de tanchagem?

Para você que quer aproveitar os benefícios da tanchagem, e começar utilizando o chá, saiba que se trata de algo extremamente simples de fazer.

Confira abaixo os ingredientes e modo de preparo necessário para montar essa receita:

Ingredientes

  • 3 a 4g de chá de partes aéreas de tanchagem;
  • 240 ml de água.

Modo de preparo

  1. Coloque as partes aéreas de tanchagem em um 150 ml de água fervente;
  2. Após ferver por 5 minutos, apague o fogo;
  3. Depois deixar repousar por cerca de 3 minutos;
  4. Por fim, deixar amornar, coa, e beba até 3 xícaras por dia.

Durante o restante do dia, não tem problema beber o chá frio, mas o ideal é sempre ao tomar, procurar deixa-lo pelo menos morno.

Uma dica que muitas pessoas indicam, é após fazer o chá pela primeira vez, procurar armazenar ele dentro de uma garrafa térmica apropriada.

Assim, você consegue manter o chá conservado, e com uma boa temperatura durante o restante do dia.

Você pode realizar o consumo durante os períodos do dia, como uma xicara pela manhã, outra à tarde, e outra à noite.

 Possíveis efeitos colaterais

Você deve saber que a tanchagem, por mais que seja algo praticamente 100% natural, ainda sim ela pode oferecer alguns efeitos colaterais.

No entanto, vale ressaltar que esses efeitos são simples, e que nem todas as pessoas podem vim a ter.

Mas, é importante conhecer, para evitar maiores surpresas.

Os principais efeitos colaterais da Tanchagem incluem sonolência, cólica intestinal e desidratação.

É importante ressaltar que a desidratação ocorre em grande parte devido a diminuição no consumo de água, onde algumas pessoas acabam trocando pelo chá.

Porém, saiba que de forma alguma você deve interromper ou diminuir a hidratação do seu corpo durante o uso do chá.

Se faz ainda mais importante, durante o consumo do chá, procurar sempre está bebendo água e hidratando o seu corpo, afim de evitar problemas de desidratação.

Para quem não é indicada o uso da tanchagem?

A Tanchagem está contraindicada para grávidas, mulheres que estejam a amamentar e pacientes com problemas de coração.

Essas contraindicações ocorrem principalmente devido a algumas substâncias que estão presentes na planta, que podem prejudicar esses grupos de pessoas.

Portanto, se você faz parte de alguns desses grupos, o mais indicado é procurar evitar o consumo dessa planta.

Considerações finais

Querendo ou não, a tanchagem ganhou muita força nos últimos tempos, sendo uma das plantas do tipo medicinais mais conhecidas no país.

Hoje, você consegue encontrar essa planta em alguns supermercados ou hortifrutis naturais, e assim aproveitar todos esses benefícios.

Então, o que você está esperando?

Nos vemos em breve.