Próstata aumentada tem cura? Remédios caseiros para próstata aumentada

Tempo de leitura: 5 minutos

A próstata aumentada é um problema que atinge cerca de 25% dos homens com idade de 40 aos 49 anos. Homens entre 70 e 80 anos, essa taxa chega a 80%. Quando normal é do tamanho de uma noz, a glândula pode chegar a ficar do tamanho de uma bola de tênis. A próstata aumentada pode comprimir a uretra, estreitando o canal e dificultando ou impedindo a passagem da urina. A urina estagnada, favorece o surgimento de infecções e de cálculos renais.

Causas da hiperplasia de próstata

A causa exata ainda é conhecida, mas provavelmente envolve alterações causadas por hormônios, incluindo a testosterona e, principalmente, a di-hidrotestosterona. Possíveis fatores que podem estar envolvidos, como idade, história familiar e alterações genéticas.

Diagnóstico de próstata aumentada

Ao sentir os primeiros sintomas, é importante procurar um médico urologista. Ele irá fazer um exame de toque retal para determinar se a próstata está maior. A próstata afetada não fica dolorida ao toque. A presença de áreas firmes ou rígidas pode ser indício de câncer da próstata.

Podem ser solicitados também alguns exames específicos, como:

Exames de sangue, ureia e creatinina, que permitem avaliar a função renal;
PSA (antígeno prostático específico), para facilitar a avaliação de possíveis tumores de próstata;
Urina tipo I para avaliar a presença de sangue ou infecção urinária.
Exames de imagem, como a ultrassonografia, que permite avaliar a forma e a densidade da próstata, bem como a presença de resíduo elevado de urina na bexiga após a micção.

Qual é a função da próstata?

A função da próstata, em conjunto com as vesículas seminais, é produzir o líquido seminal e posteriormente, o sêmen. O líquido seminal e o sêmen atravessam a próstata, assim como a urina. Por tal motivo, a inflamação da próstata aumentada, portanto, prejudica ambas as funções.

Próstata aumentada causa disfunção erétil?

A próstata nada tem a ver com a função sexual. Tem a ver com a função reprodutora, ou seja, com a capacidade de o homem ter filhos. O nervo da ereção que passa ao lado da próstata raramente é afetado.

Próstata aumentada pode ser câncer

Não. A hiperplasia é uma lesão benigna e não evolui para câncer.

Sinais e Sintomas do Câncer de Próstata

O câncer de próstata em estágio inicial geralmente não provoca sintomas, enquanto em estágio avançado pode causar alguns:  

  • Micção frequente.
  • Fluxo urinário fraco ou interrompido.
  • Vontade de urinar frequentemente à noite (Nictúria).
  • Sangue na urina ou no sêmen.
  • Disfunção erétil.
  • Dor no quadril, costas, coxas, ombros ou outros ossos se a doença se disseminou.
  • Fraqueza ou dormência nas pernas ou pés.

Remédios caseiros para próstata aumentada

1. Extrato de Saw palmett

Um bom remédio caseiro para próstata é tomar o extrato de saw palmetto porque esta planta medicinal possui propriedades antiestrogênicas que ajudam a combater a hiperplasia benigna da próstata, que é umas principais causas de próstata aumentada. Veja o que é esta doença e quais os sintomas.

Ingredientes

  • 1 colher de chá do estrato em pó de saw palmetto;
  • ½ de água, com 125 ml.

Modo de preparo

Para preparar este remédio natural é necessário colocar 1 colher de chá do pó de saw palmetto num copo de água, dissolver e tomar 2 vezes ao dia.

O Saw palmetto também pode ser consumido na forma de cápsula, que torna o seu uso mais prático e fácil.

2. Cápsulas de Urtiga

A urtiga é uma excelente planta para usar contra a próstata aumentada, pois contém substâncias que diminuem as enzimas responsáveis pela inflamação da glândula, além de regular os níveis de testosterona. Assim, a urtiga diminui o tamanho da próstata e alivia os sintomas mais frequentes, especialmente a dificuldade para urinar. 

Ingredientes

  • Cápsulas de raiz de urtiga.

Como tomar

Para tratar a inflamação da próstata está indicado a ingestão de 120 mg de cápsulas de raiz de urtiga, 3 vezes ao dia, após as refeições, por exemplo.

3. Suco de tomate

Para manter a saúde da próstata pode-se consumir suco de tomate, que além de vitamina C, ácido fólico, ferro e outros minerais é um vegetal bastante rico em licopeno que ajuda a combater a inflamação da próstata, tornando o tomate num alimento funcional.

Ingredientes

  • 2 a 3 tomates maduros;
  • 250 ml de água.

Modo de preparo

Para fazer o suco de tomate, deve-se passar os tomates pela centrifugadora ou bater no liquidificador com cerca de 250 ml de água e tomar 1 copo por dia.

Este suco de tomate é uma boa opção para homens que tem histórico familiar relacionados com a próstata, devendo ser encarado como um suplemento alimentar diário ao tratamento médico, que normalmente inclui medicamentos e em alguns casos cirurgia. Por isso, o tomate também pode ser inserido mais regularmente na alimentação diária, para manter a saúde da próstata.

4. Sementes de abóbora

Sementes de abóbora é um dos remédios caseiros mais populares para tratar problemas da próstata, pois contêm substâncias anti-inflamatórias e antioxidantes que, além de tratar a inflamação da glândula também previnem o surgimento de câncer.

Para obter estes benefícios deve-se comer um punhado de sementes todos os dias, com o café da manhã, por exemplo, ou usar o óleo de semente de abóbora no preparo de pratos.

Publicidade