Descubra como escolher um bom plano de saúde e o seguro saúde
Seguro de saúde internacional

Descubra como escolher um bom plano de saúde e o seguro saúde

Querendo contratar um serviço de saúde, mas não sabe como escolher? Fique tranquilo! Neste artigo, será possível entender melhor a diferença entre o plano de saúde e o seguro saúde.

Contratar um plano de saúde ou seguro saúde pode trazer mais segurança e bem-estar a qualquer pessoa.

Especialmente considerando a alternativa, que é o uso do Sistema Único de Saúde (SUS).

Seguro de saúde

A debilidade do serviço público de saúde no Brasil não é segredo para ninguém.

Se você já precisou utilizar esse serviço, mesmo que em um caso de emergência, certamente sabe como é complicado, muitas vezes, apenas conseguir um atendimento.

São inúmeras cidades que contam com problemas relacionados à pouca infraestrutura, ao corpo médico reduzido e as longas filas de espera para marcar uma consulta.

Diante desse quadro, muitas pessoas cogitam a possibilidade de contratar um serviço de saúde particular, mas quando começam a pesquisar as opções, acabam ficando em dúvida.

Neste artigo, você conhecerá melhor como funcionam os serviços de plano de saúde e o seguro saúde.

Assim, saberá como escolher entre uma alternativa ou outra.

Entenda a diferença entre o plano de saúde e o seguro saúde

Para que você realmente saiba como escolher entre o plano de saúde e o seguro saúde, é fundamental que entenda o que é cada um desses serviços e como eles funcionam.

Ambas as alternativas podem ser contratadas para prestação de atendimento médico ou hospitalar.

Exatamente por esse motivo, as pessoas acabam confundindo os dois serviços.

Pois a diferença entre eles está na forma de contratação e nas possibilidades que cada um oferece.

Entenda melhor a seguir.

O que é e como funciona o plano de saúde?

O plano de saúde é um serviço de assistência médica e hospitalar que pode ser oferecido por empresas privadas ou operadoras especializadas.

Dessa maneira ele funciona através de um contrato de adesão, onde o cliente, juntamente com um representante da empresa, combinam todos os serviços a serem prestados e o valor a ser pago, mensalmente, por esses serviços.

Os planos de saúde possuem uma rede conveniada de médicos e hospitais.

Eles trabalham em conjunto com a operadora, oferecendo atendimento médico, realização de exames, intervenções cirúrgicas, além de todo o resto que estiver disponível e for contratado pelo cliente.

Ao contratar um plano de saúde, você definirá o tipo de cobertura, os serviços inclusos, quantas pessoas participarão do serviço, se o plano de saúde pode ser individual ou familiar e, com base nessas informações, a operadora definirá o valor a ser pago mensalmente.

Depois de contratado, e cumprido o prazo de carência, o cliente pode escolher um profissional ou hospital, entre todos os conveniados com o plano de saúde, para ser atendido.

Agência Nacional de Saúde (ANS)

Os planos de saúde são controlados pela Agência Nacional de Saúde (ANS), órgão responsável por regulamentar e fiscalizar todas as empresas e operadoras de saúde.

Como mencionado, o plano de saúde pode ser adquirido através de um contrato de adesão que, normalmente, precisa ser renovado anualmente.

O documento também contém todas as regras referentes à prestação do serviço, assim como os direitos e os deveres do cliente e da empresa prestadora do serviço.

Além disso, o plano de saúde pode ser adquirido por qualquer pessoa ou empresa, de maneira individual ou coletiva.

Quando a opção é por um plano coletivo, a empresa deve entrar em contato com a operadora de saúde e solicitar planos para seus colaboradores.

Normalmente, o funcionário e a companhia dividem a mensalidade do plano.

Assim, o indivíduo cuida da sua saúde e pode garantir mais resultados no trabalho.

O que é e como funciona o seguro saúde?

O seguro saúde, assim como o plano de saúde, também se trata de um serviço voltado para o atendimento médico e hospitalar.

Ele inclui, dependendo do tipo de cobertura,  a realização de exames, consultas médicas e procedimentos cirúrgicos.

No entanto, apesar de também contar com uma rede de profissionais e hospitais conveniados, o seguro saúde possui um diferencial.

Ao contratá-lo, você pode ser atendido por qualquer médico ou hospital que desejar e, posteriormente, ser reembolsado pelo valor pago na consulta, nos exames ou em algum procedimento realizado.

Esse reembolso poderá ser integral ou parcial, dependendo do que for estipulado em contrato, e deverá ser calculado conforme o Índice de Valoração do Ressarcimento (IVR).

É importante destacar que o reembolso sempre possui um tempo limite para ser solicitado.

Se esse prazo não for cumprido, o usuário perderá o direito aos valores, ficando com o prejuízo de ter pago tudo do próprio bolso.

A informação pode ser encontrada no contrato de adesão do serviço.

No entanto, vale destacar que os períodos de carência, assim como as condições de serviços do seguro saúde, podem variar de uma empresa para outra.

Por isso, é fundamental que uma pesquisa completa seja realizada antes de contratar os trabalhos.

Vale a pena avaliar os custos e coberturas de diferentes operadoras.

Depois, você poderá comparar as informações e encontrar a oferta mais interessante ao seu caso.

O seguro saúde é fiscalizado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Apenas as empresas autorizadas pelo órgão podem comercializar o serviço no Brasil.

O seguro pode ser contratado tanto por uma pessoa física, de maneira individual ou familiar, como por uma pessoa jurídica, no caso de empresas que possuam pelo menos três funcionários.

Período de carência do plano de saúde e do seguro saúde

Ambos os serviços possuem períodos de carência.

Ou seja, um prazo entre a assinatura do contrato e a data em que é possível começar a utilizar o serviço.

No entanto, estes intervalos são diferentes.

No caso dos planos de saúde, este período é definido pela Agência Nacional de Saúde (ANS), e deve ser seguido a risca por todas as operadoras deste serviço.

Veja Também : Ovos enriquecidos: esses ovos tem Ômega 3?

Deixe uma resposta