O que Significa Aterosclerose

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A aterosclerose é causada por lesão repetida nas paredes das artérias.
Você sabia que precisamos manter nossas artérias saudáveis ​​para o funcionamento saudável do nosso corpo? Bem, com certeza sabe, né?! Então, a má circulação interrompe o fluxo sanguíneo no corpo, o que pode leva à má circulação sanguínea e evitar que os nutrientes cheguem ao resto dos órgãos.

As artérias entupidas ou bloqueadas apresentam risco de vida, por isso é importante reconhecê-las no estágio inicial e fazer algo antes que seja tarde demais.

A má circulação do sangue pode ser causada por vários fatores. Alguns deles incluem:

Por que é Importante Manter uma Boa Circulação:

Cada órgão do nosso corpo precisa de quantidade suficiente de nutrientes e vitaminas que podem receber pelo fluxo de sangue. Se o sangue é coagulado em algum lugar do corpo, torna-se difícil para outros órgãos do corpo funcionarem efetivamente.

O funcionamento irregular dos órgãos internos nos levará a enfrentar muitos problemas de saúde. Portanto, é importante manter o fluxo sanguíneo saudável em nosso corpo para estarmos saudáveis.

Nosso corpo mostra muitos sinais e sintomas se formos afetados por artérias bloqueadas. As pessoas ficam confusas ao reconhecer esses sintomas com muitos outros problemas de saúde e, frequentemente, os médicos enfrentam dificuldades para diagnosticá-los a tempo.

Você tem dores nas pernas? Você está tendo cólicas o tempo todo? Então você pode ter doença arterial periférica. Não se preocupe, aqui vamos nós com 7 sinais e sintomas que ajudarão você a conhecer esta doença causada por artérias bloqueadas.

O que é Aterosclerose coronária Doença na Artéria Periférica:

o que é aterosclerose e arteriosclerose
o que é aterosclerose e arteriosclerose

Aqui Estão 7 Sinais de Alerta de que Você Entupiu Sua Artéria!

A artéria periférica é uma doença causada pelo acúmulo de placa arterial ou aterosclerose. Esta doença faz com que a placa nas artérias se endureça e se contraia, então seu corpo começa a engasgar.

Essa condição também é chamada de artérias bloqueadas que precisam ser tratadas imediatamente. Caso contrário, isso nos coloca em perigo!

Sinais e Sintomas Comuns de Artérias Bloqueadas:

  • Dormência nas pernas;
  • Falta de ar;
  • Perda de cabelo nas pernas;
  • Desconforto no peito;
  • Dor nas pernas e cãibras;
  • Dor na região lombar;
  • Fadiga e tontura.

Você pode controlá-los seguindo algumas medidas preventivas, porque nenhum desses sintomas é percebido ou pode aparecer.

Publicidade

Medidas Preventivas:

  • Aumente sua atividade física;
  • Evite o consumo de álcool;
  • Parar de fumar;
  • Siga uma alimentação saudável;
  • Inclua alimentos ricos em propriedades anti-inflamatórias;
  • Você também deve ingerir mais antioxidantes como selênio, vitamina E, beta-caroteno etc.

Mais Dicas Preventivas

Evitar os fatores de risco é crucial para impedir o desenvolvimento da aterosclerose. Além disso, a prevenção exige uma rotina de exercícios físicos regulares e alimentação equilibrada, com baixa ingestão de gordura e de sal. Essas providências afastam obesidade, diabetes, hipertensão e altos níveis de colesterol.

Não fumar e não extrapolar no consumo de bebida alcoólica são outras atitudes que contribuem para reduzir as agressões às artérias.

O diagnóstico

Nas consultas, informe o médico sobre casos de doenças cardiovasculares na família. A ocorrência de infartos e derrames em parentes próximos, sobretudo nos mais jovens, acende o sinal alerta para a aterosclerose.

O especialista começa fazendo uma avaliação clínica, eventualmente pedindo exames para checar o colesterol (tanto o LDL como o HDL) e outros marcadores, a exemplo de triglicérides e glicemia.

É comum ainda a realização de eletrocardiograma, que revela o ritmo do batimento cardíaco, e o teste ergométrico, aquele feito na esteira ligada a um computador. Ele registra se há variações importantes nos parâmetros cardíacos diante de esforço físico.

Se houver suspeita, o cardiologista pode solicitar ecogardiograma e ultrassom para verificar pormenores do músculo cardíaco. Já exames como angiotomografia e ultrassonografia das carótidas permitem visualizar o estado das artérias de forma não invasiva e flagrar precocemente as placas de aterosclerose.

O que é Aterosclerose e quais os Sintomas e Tratamento

A fim de evitar o aumento de ateromas nos vasos, indivíduos com níveis elevados de LDL e expostos a fatores de risco de aterosclerose em geral são candidatos a tomar estatina, o remédio para controle do colesterol.

Diante de quadros mais graves, com queixas de dor no peito e alterações consideráveis no eletrocardiograma, a recomendação é a angioplastia, ou cateterismo. O procedimento e feito pela passagem de um cateter até as artérias que irrigam o coração, investiga a presença de coágulos e muitas vezes já desobstrui os vasos. Se for necessário, é feita a colocação de um stent no local, para facilitar a circulação sanguínea.

Bloqueios mais severos por trás de infarto só se resolvem com cirurgias de revascularizações, chamadas corriqueiramente de pontes de safena ou mamária. Nelas, os médicos usam veias saudáveis do paciente para criar um caminho alternativo para o sangue chegar ao coração.

Publicidade