Receita de mastruz com leite e seus benefícios!

Você conhece todos os benefícios e utilidade do mastruz? Conhecida por erva-de-santa-maria, lombrigueira, quenopódio, ambrosina ou mentruz. Contudo, é uma planta muito utilizada, seus óleos essenciais contêm propriedades vermífugas, antibióticas, antifúngicas, digestivas, antioxidantes, anti-inflamatórias e cicatrizantes, por isso, é muito útil no tratamento de situações como bronquite ou pé de atleta, por exemplo.

Muito aplicado na culinária, os nutrientes da erva podem ser apreciados na forma de um chá ou aproveitados para produzir óleos essenciais e pomadas que servem para atenuar muitos problemas de saúde.

Para que serve o mastruz

As propriedades do mastruz são muito utilizadas para situações como:

  • Tratamento de vermes, devido a sua ação antiparasitária;
  • Eliminação de infecções fúngicas ou bacterianas, pois tem efeito antisséptico;
  • Combate a problemas digestivos, por aumentar o suco gástrico. Confira outras opções de excelentes remédios caseiros para gastrite;
  • Trata a prisão de ventre, por aumentar a secreção e a contratilidade intestinal;
  • Ação anti-inflamatória e anti-reumática;
  • Efeito expectorante nas doenças respiratórias, pois estimula o movimentação dos brônquios e secreção de muco.


Além disso, a planta pode ser passado na pele, devido a sua ação emoliente, que ajuda na cicatrização de feridas e na irritação da pele, além de ser repelente contra insetos. Também pode ser utilizado como compressa, para alívio de inflamações causadas por contusões ou pancadas.

Alguns dos nutrientes presentes nas folhas do mastruz são:

  • Folato: o folato ou ácido fólico está presente no mastruz. Tal nutriente é importante para a produção de glóbulos vermelhos e também para o DNA.
  • Vitaminas do complexo B: além do folato, vitaminas como a vitamina B₂ (riboflavina) e a vitamina B6 (piridoxina) estão presentes no mastruz e são muito importantes no metabolismo de enzimas além de aumentar os níveis de energia do corpo. Monoterpenos: os monoterpenos — como, por exemplo o ascaridol, o p-cimeno, o limoneno e o terpineno — são compostos eficazes contra parasitas como vermes intestinais.
  • Vitamina A e betacaroteno: a vitamina A e compostos antioxidantes flavonoides como o betacaroteno são importantes contra a ação de radicais livres que podem danificar as células do organismo e causar várias doenças.
  • Minerais: o mastruz apresenta vários minerais essenciais para a saúde como o cálcio, o magnésio, o potássio, o cobre, o ferro, o manganês, o fósforo, o sódio, o selênio e o zinco em sua composição.

Mastruz com leite

Modo de uso do mastruz

A forma mais comum de utilizar as propriedades do mastruz é com a infusão de suas folhas, preparando um chá:

  • Infusão de mastruz: colocar uma xícara de café, da planta fresca com sementes, em 500 ml de água fervente e deixar repousar por 10 minutos. Depois coar e beber uma xícara de 6 em 6 horas. Esta infusão é indicada para o tratamento de problemas de estômago.

Além das folhas, podem ser usadas as flores e sementes em infusões, misturado com leite, tintura, xarope, extrato ou essência, no tratamento de uso interno ou compressas.

Informações Nutricionais de mastruz

Gramas por Porção: 200 g

  • Calorias70,00 kcal
  • Carboidratos9,40 g
  • Proteínas6,40 g
  • Gorduras Totais0,80 g
  • Gord. Saturadas0,40 g
  • Gord. Trans0,00 g
  • Fibras0,00 g
  • Sódio146,00 g

Quem não deve usar

O mastruz é contra indicado no caso de gravidez e em crianças com menos de 2 anos. O mastruz é uma erva medicinal que pode ser tóxica, e a orientação médica é necessária para definir a dose recomendada.