Hematologista, o que é e para quais casos esse profissional é indicado

Hematologista, o que é e para quais casos esse profissional é indicado?

Você sabe o que é um hematologista? Provavelmente sua resposta foi não, e saiba que a maioria das pessoas também desconhecem.

Mas, isso muda agora, pois nós vamos te mostrar tudo que é preciso saber sobre esse especialista.

Primeiramente, saiba que quando falamos em um Hematologista, estamos tratando de um médico especializado no tratamento de doenças relacionadas ao sangue.

Isso mesmo, ele atua quando há problema em qualquer uma das três partes que compõem o sangue humano.

Além disso, esse tipo de profissional, atua em doenças que afetam os órgãos hematopoiéticos, ou seja, local onde ocorre a produção sanguínea.

Portanto, para você entender melhor as funções do hematologista vamos te explicar primeiro o que é hematologia.

O que é e como funciona a profissão de hematologista?

hematologista biomedico
https://www.shutterstock.com

Hematologia é o estudo das células sanguíneas, ele abrange os três tipos de células presentes no sangue, as hemácias, glóbulos brancos e gânglios linfáticos.

Cada uma dessas células tem funções específicas que são indispensáveis para a manutenção da vida.

Como, por exemplo, os glóbulos vermelhos que atuam no transporte de oxigênio e nutrientes para cada célula do corpo.

Já os glóbulos brancos são parte do nosso sistema imunológico e assim são responsáveis por combater todo tipo de infecção.

O hematologista investiga, diagnostica e trata qualquer distúrbio que possa afetar essas células.

Assim, esse profissional pode realizar um tratamento que elimine ou controle esse problema central, de forma bem mais efetiva.

Geralmente se procura esse tipo de profissional, através da indicação de outros médicos.

Como, por exemplo, um clínico geral que percebe alterações nas taxas sanguíneas de um paciente.

Com base nos relatos de sintomas e sinais que esse paciente descreve, o especialista já consegue formar uma opinião sobre o tipo de doença que pode o estar afetando.

Assim, a partir disso ele pede exames de sangue mais completos que possam apresentar onde está o foco do problema.

Pelo resultado desses exames já é possível entender quais as células estão com sua produção ou qualidade comprometidas e ainda entender se o problema está acontecendo nos órgãos produtores do sangue.

Desse modo, com os resultados em mãos, o profissional começa o tratamento para controlar ou eliminar a doença.

Por fim, na maioria dos casos é preciso manter um controle periódico com o profissional para certificar de que não há mais nenhuma desordem.

Quando deve-se procurar um hematologista?

o que significa hematologista
https://www.shutterstock.com

O hematologista atua diretamente para diversos casos, onde os principais são:

Anemia

A anemia é uma doença caracterizada pela redução na quantidade de hemoglobinas no sangue ou ainda pela diminuição do tamanho dessas células.

Os sintomas mais comuns em pessoas que sofrem de anemia são: cansaço excessivo, palidez, tontura e dificuldade de concentração.

Normalmente os casos mais comuns de anemia, ocorre devido à deficiência de ferro, que em grande parte das vezes, são tratados com um nutricionista.

Mas, casos mais avançados e outros tipos de anemia, como a anemia falciforme, precisam sim do acompanhamento de um hematologista.

Leucemia

A leucemia é uma doença que atinge a medula óssea desregulando a produção de glóbulos branco e assim criando um excesso dessas células no sangue.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), a Leucemia é uma das responsáveis pelos números de mortes, devido ser uma doença rápida.

Ou seja, o tratamento precisa ter uma precisão maior, e também uma agilidade, para aumentar as chances de sucesso.

Os sintomas mais comuns são febres, perda de peso, fadiga, hemorragias, manchas vermelhas na pele e ainda infecções frequentes.

Todo o acompanhamento e tratamento da leucemia é realizado com o hematologista que é quem também prescreve os medicamentos e a quantidade de sessões de quimioterapia.

Hemofilia

A hemofilia é uma doença que tem como principal sintoma a dificuldade de coagulação.

Isso quer dizer que as feridas demoram mais para parar de sangrar, o volume de sangramento é o mesmo, a diferença está no tempo do sangramento.

Essa doença é hereditária, rara e não tem cura. Porém, o hematologista é o profissional responsável por garantir o controle do problema.

Linfoma

O linfoma é um tipo de câncer que atinge os linfócitos causando desordem nessas células.

Os sintomas mais comuns são a perda de peso, crescimento dos linfonodos e fadiga.

O hematologista ajuda a controlar esses sintomas e também a combater completamente o câncer.

Por fim, tudo isso acontece através de tratamento com quimioterapia, imunoterapia e, em alguns casos, transplante de medula óssea.

Mieloma

O mieloma é uma doença onde células plasmáticas malignas a medula causando diversos sintomas, como, por exemplo, dor nos ossos, excesso de cálcio no sangue e disfunção renal.

Mieloma é uma doença sem causa ainda definida e que não tem cura.

Os cuidados são pensados para ajudar a controlar os sintomas causados pela doença.

O profissional responsável por determinar o melhor tratamento é o hematologista. Ele pode definir entre quimioterapia, radioterapia, imunoterapia e ainda transplante de medula.

Trombose

A trombose é uma doença caracterizada pela formação de coágulos na corrente sanguínea.

Esses coágulos, quando não tratados, podem causar problemas mais sérios como AVC.

Os sintomas iniciais geralmente são: dormência, dor, inchaço e até vermelhidão na região afetada pelo coágulo.

Normalmente essa doença é detectada por um especialista cardiologista, mas com o agravo do quadro é preciso a intervenção de um hematologista para controlar e solucionar a doença.

Considerações finais sobre o hematologista

Por mais que muitas pessoas desconheçam, o hematologista é hoje um dos profissionais mais importantes, por tratar diversas doenças sérias e às vezes de alto risco.

Então, conhecer esse tipo de profissional é extremamente importante.

Nunca deixe de cuidar da sua saúde.

Michele Salvino
Meu nome é Michele Salvino. Estou no último semestre da faculdade de Nutrição. Sou apaixonada pelo estilo de vida saudável, por práticas que facilitem o bem-estar.