Uma grávida pode usar neosoro?

Posso usar neosoro durante a gravidez? É seguro para o bebê? Todo mundo já sentiu aquela sensação bastante desagradável de falta de ar quando o nariz estava congestionado. E, quando as vias nasais ficam obstruídas, geralmente em situações de gripe ou alergia, muita gente acaba cedendo aos descongestionantes nasais, como o Neosoro.

Grávida pode usar neosoro durante a gestação? — ou esse medicamento deve ser evitado durante a gestação.

Neosoro é um remédio em gotas que pode ser aplicado dentro do nariz para tratar a congestão nasal, aliviando os sintomas em resfriados, quadros alérgicos nasais, rinites e rinossinusites (sinusites).

Ele é composto por uma substância chamada (cloridrato) de nafazolina e é encontrado na forma de solução em gotas. As informações são da bula de Neosoro de uso adulto, disponibilizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Não é muito difícil encontrar alguém que recorre ao medicamento quando o nariz fica muito congestionado. Mas será que são realmente todas as pessoas que podem utilizá-lo?

Congestionamento nasal durante a gravidez

Para descobrirmos se a grávida pode usar Neosoro, resolvemos recorrer à bula do medicamento, disponibilizada pela Anvisa. Entretanto, o que o documento nos informa é que tanto as mulheres gestantes quanto as mulheres que amamentam devem utilizar o medicamento somente com a orientação médica.

Portanto, ao descobrir que está grávida, a mulher que já faz uso de Neosoro precisa consultar o médico para saber se pode continuar a utilizá-lo. O médico vai ajustar a dosagem, frequência e duração de tempo do medicamento.

Da mesma forma, a gestante que não o utilizava e apresentar congestão nasal também necessita verificar com o seu médico.

A princípio, os remédios mais indicados para uma grávida desentupir o seu nariz são as soluções salinas ou o soro fisiológico, remédios caseiros para nariz entupido.

Os descongestionantes nasais devem ser evitados na gravidez, pois não há estudos que demonstrem a segurança para o feto durante a gestação. Podem ser usados se os benefícios superarem os possíveis riscos, mas pelo menor período possível (conforme a recomendação médica).

É importante registrar que a bula de Neosoro de uso adulto, disponibilizada pela Anvisa, apresenta o princípio ativo do medicamento – o cloridrato de nafazolina – justamente como um descongestionante nasal.

O nariz entupido na gestação é normal por conta do aumento do hormônio estrogênio e do volume sanguíneo, que resultam em um inchaço nas veias do nariz e em uma maior produção de muco, entupindo a região.

Os riscos do abuso dos descongestionantes nasais

Mesmo fora do período da gestação, o uso de descongestionantes por longos períodos é desestimulado por conta do efeito rebote, ou seja, eles podem piorar a congestão nasal levando a uma rinite medicamentosa.

A médica otorrinolaringologista, que atua no Hospital da Cidade (HC), Dra.Thaís Marques da Costa alerta sobre o uso contínuo e indevido dos descongestionantes. O uso abusivo dos descongestionantes nasais (medicamentos a base de nafazolina, fenoxazolina e oximetazolina) pode ser perigoso.

A medicação proporciona alívio imediato na sensação de nariz entupido, desobstruindo as vias e dando uma sensação de bem-estar instantâneo, sendo indicadas em casos agudos de gripes, sinusites e resfriados. Mas, a longo prazo pode ter consequências à saúde.” enfatiza.

Parte das substâncias vasoconstritoras que fazem parte da composição do medicamento são absorvidas pelo organismo e podem chegar ao sistema cardiovascular. “O nariz é muito vascularizado, quando entope há dilatação dos vasos, dificultando a respiração, e essas gotinhas têm efeito vasoconstritor, isto é, fazem com que os vasos sanguíneos do nariz desinchem.

Problemas provocados pela superdosagem de Neosoro

A superdosagem é a utilização de uma quantidade maior do que a indicada de um medicamento, ou seja, um uso abusivo. Desse modo, quando houver a superdosagem de Neosoro de uso adulto, o paciente pode experimentar os seguintes problemas:

  • Arritmias cardíacas;
  • Cefaleia (dor de cabeça);
  • Náuseas e vômitos,
  • Diminuição do batimento cardíaco,
  • Hipotensão (queda) ou hipertensão (aumento) da pressão arterial;
  • Hiperemia nasal (vermelhidão do revestimento interno do nariz);
  • Depressão do sistema nervoso central.

Caso isso ocorra, a orientação é procurar ajuda médica o mais rápido possível, levando a bula do remédio em mãos, para receber o tratamento adequado, conforme a gravidade da situação. As informações são da bula de Neosoro de uso adulto, disponibilizada pela Anvisa.

gravida pode usar neosoro

Qual é a forma correta de lavar o nariz? Para evitar Neosoro

O nariz entupido na gestação normalmente melhora após o parto. No entanto, para aliviar o desconforto e prevenir complicações, o médico pode indicar algumas medidas caseiras e naturais para deixar as secreções mais fluidas e facilitar a sua eliminação. Veja algumas dicas:

Outra receita para aliviar a congestão nasal sem precisar usar remédios é lavar as narinas com soro fisiológico ou solução de água com sal e bicarbonato. Especialistas recomendam limpar o nariz com soro fisiológico a 0,9% duas vezes ao dia (de manhã e à noite) para uma pessoa saudável, sem rinite ou inflamação. Também dá para fazer a higiene no banho pois a água e o calor ajudam a amolecer as crostas e facilitam a limpeza.

Além disso, a gestante também pode fazer uso de um umidificador de ar, para aumentar a umidade, facilita a respiração e ajuda o nariz a desentupir. Outra opção caseira para umidificar o ar é colocar uma bacia de água quente ou uma toalha molhada no quarto, ou na sala.

Considerações finais

Você descobriu neste artigo que uma mulher grávida geralmente sofre muito com o nariz entupido, não apenas com gripe. Contudo, o desconforto nesta fase ocorre por vários motivos, como dilatação das veias nasais e aumento dos hormônios.

Os descongestionantes nasais como o Neosoro tratam este problema. Portanto, é normal haver dúvidas se uma mulher grávida pode usar este ou outros medicamentos.

Algumas mulheres que usam esse medicamento e que engravidam mais tarde podem nem imaginar os efeitos negativos de usá-lo durante a gravidez e até questionar se podem continuar a usá-lo.

Portanto, é importante lembrar que o uso frequente de descongestionantes pode causar efeitos colaterais como taquicardia e insônia. Em mulheres grávidas, esse problema pode ser exacerbado e, em alguns casos, pode prejudicar o fluxo sanguíneo da placenta.

A gravidez é uma parte muito importante da vida que requer cuidados especiais com a mãe e com o bebê.