12 Problemas causados pelo excesso de açúcar no sangue!

12 Problemas causados pelo excesso de açúcar no sangue!

Os principais sinais de excesso de açúcar no sangue incluem boca seca, impotência e infecções recorrentes. Além do mais, a diabetes é uma doença crônica séria e vitalícia. No entanto, antes desta condição é diagnosticada, o corpo mostra sinais de que os níveis de açúcar no sangue são muito altos. Portanto, aprendendo a reconhecer esses sinais, podemos evitar causar danos irreversíveis em nossos corpos.

Um dos culpados dos altos níveis de açúcar é o consumo de glicose através da dieta. Além do fato de que a glicose é distribuída uniformemente para todas as células do corpo, às vezes os níveis de glicose aumentam e isso pode ser prejudicial para os rins, vasos sanguíneos, nervos e olhos.

Sinais de excesso de açúcar no sangue:

Os seguintes sintomas são um dos sinais mais proeminentes que seu corpo apresenta como resultado de níveis elevados de açúcar:

sintomas de excesso de açúcar no sangue

Sentir fome o tempo todo

O nível de açúcar elevado bloqueia a liberação de glicose nas células não fornecendo energia suficiente para o corpo, dando a sensação de fome constante.

Cansaço excessivo

Com a elevação do açúcar no sangue, a energia não é distribuída de forma eficiente e as células do corpo não recebem a quantidade que precisam para funcionar corretamente.

Vontade constante de fazer xixi

Com o nível de açúcar muito alto, os rins tentam equilibrar a concentração de glicose no sangue e nas células. O corpo dissolve o sangue com o fluido intracelular, fazendo com que a concentração volte ao normal, resultando em micção frequente.

Boca seca e muita sede

A boca seca e a sede excessiva são respostas do organismo à perda de líquido em excesso. O hipotálamo avalia o grau de desidratação do sangue e envia sinal de sede ao cérebro.

Perda de peso

Se houver alto nível de glicose, pode ocorrer perda de peso em pouco tempo, mesmo quando há ingestão de muita comida e se o valor calórico dos alimentos for alto.

Doenças infecciosas

Infecções nas vias urinárias e por fungos ocorrem em homens e mulheres, mas são mais frequentes entre as mulheres que têm açúcar elevado no sangue e diabetes. A grande quantidade de açúcar facilita a reprodução de fungos e bactérias.

Pele seca

O ressecamento da pele pode estar relacionado a níveis elevados de açúcar no sangue por várias razões:

  • A micção excessiva desidrata o organismo e os tecidos da derme começam a secar;
  • Lesão dos nervos pode alterar o funcionamento normal das glândulas sudoríparas, que influenciam no equilíbrio hídrico da pele;
  • Problemas de pele nas pernas são um sinal de aterosclerose: endurecimento e estreitamento das artérias, que reduzem a circulação sanguínea. A doença muitas vezes está associada com diabetes.

Dificuldade de concentração e memória

O açúcar elevado impede que a glicose seja liberada nas células do cérebro, causando dificuldade com a produção de energia, afetando a velocidade de pensamento e a tomada de decisões.

Visão turva

O turvamento da visão também é o resultado da desidratação por causa do aumento de açúcar no sangue. As células dos olhos se deformam e eles perdem a capacidade de focar corretamente.

Cicatrização lenta de ferimentos e cortes

A lenta recuperação da pele e dos tecidos moles ocorre porque o elevado nível de glicose obstrui a aderência dos leucócitos (células sanguíneas especializadas em defender o corpo) às paredes dos vasos sanguíneos.

Impotência

Os problemas de disfunção erétil também podem ser causados por glicemia elevada, que pode prejudicar os nervos, o fluxo sanguíneo e o equilíbrio adequado dos hormônios.

Irritabilidade

O cérebro depende de um fornecimento regular de glicose e mudanças drásticas no seu nível prejudica a sua função. Como resultado, ocorrem alterações de humor.

O açúcar também altera a absorção de outro nutriente responsável pelo humor: o cromo. O mineral é necessário pela estabilização do nível de açúcar no sangue pois a insulina, responsável por purificar a glicose no sangue, não funciona sem ele.

Índice glicêmico:

O índice glicêmico (IG) indica o número de carboidratos em produtos alimentícios. Portanto, esse índice nos mostra quais alimentos devemos evitar e quais devemos consumir se lidarmos com o aumento dos níveis de açúcar. O GI mede a comida de 0 – 100, baseado em um sistema do mais baixo o número, mais baixo o conteúdo de glicose.

Alimentos que você deve evitar:

Existem inúmeros alimentos com alto índice glicêmico, que você deve definitivamente evitar se você tiver níveis elevados de açúcar, como doces processados, refrigerantes, pão branco, bolo de arroz e batata cozida.

Alimentos que você deve consumir:

Se você quiser manter seus níveis de açúcar em uma taxa saudável ou abaixá-lo, você deve consumir os seguintes alimentos, que têm um baixo índice glicêmico:

  • Nozes;
  • Brócolis;
  • Ovos;
  • Farinha de aveia (laminada ou cortada em aço), farelo de aveia, muesli;
  • Macarrão, arroz convertido, cevada, bulgar;

Além dessas, batata-doce, milho, inhame, lima / feijão-manteiga, ervilha, leguminosas e lentilhas.

Michele Salvino
Meu nome é Michele Salvino. Estou no último semestre da faculdade de Nutrição. Sou apaixonada pelo estilo de vida saudável, por práticas que facilitem o bem-estar.