Desejo por certos alimentos pode ser falta de nutrientes

Eu não sei quanto a vocês, mas muitas vezes eu tenho, de repente, desejos inexplicáveis de um determinado tipo de alimento. Frequentemente, os desejos significam que nosso corpo possui uma deficiência de algo que precisa para ficar bem. Portanto, aqui está um interessante infográfico que irá transformar as vontades do seu corpo em uma mensagem fácil de compreender.

Depois de saber o que o seu corpo está tentando lhe dizer, você pode escolher a maneira mais saudável de consumir o que mais precisa. 

Chocolate


O chocolate é rico em magnésio, logo, fortes desejos por ele podem indicar deficiência neste mineral, que é vital para a saúde da pele e do cabelo. Além disso, os níveis deste mineral caem durante a segunda metade do ciclo menstrual, o que possivelmente explica a loucura por este alimento neste período. Para não causar um estrago muito grande na dieta, sacie a vontade com as opções com até 75% de cacau, que contêm mais magnésio e menos açúcar. Castanhas também são uma boa fonte deste mineral, bem como o pão integral e sementes de abóbora.  

Gelo


Parece bizarro, mas o desejo por gelo pode ser um sinal de anemia e de que o seu corpo precisa de ferro. Por isso, vale visitar um médico caso essa vontade apareça. A maior fonte de ferro, no entanto, é a carne vermelha, quando é mais facilmente absorvido do que quando vindo de fontes vegetais como figo, damasco, espinafre, brócolis e lentilha. A sardinha é uma boa opção também.

Doces


A vontade por doces pode indicar deficiência em crómio, um mineral que trabalha em conjunto com a insulina, facilitando a captação de glicose das células. Comer doce quando você sente que o açúcar está baixo na verdade pode piorar o problema, já que o corpo passará a produzir insulina. Ao invés disso, aposte em alimentos ricos em crómio, como fígado, carne, frango, cenoura, batata, brócolis, aspargos, ovos e grãos integrais.

Carne


O desejo por carne pode ser um sinal de que seu corpo está pedindo ferro, mas também pode indicar que está fraco em zinco. Este mineral tem um papel importante na função imunológica, portanto, quando ele está baixo, o corpo fica mais propenso à doenças como gripes e resfriados. A carne vermelha é uma grande fonte, mas mariscos, lentilhas, espinafre, sementes de abóbora, queijo e pão integral podem ser aliados.

Queijo


Se você estiver pensando muito em cheddar, mussarela ou cream cheese, pode ser um sinal de que o seu corpo precisa de cálcio. Além de ser um dos minerais mais importantes do corpo, que ajudam a manter dentes e ossos fortes, ele também atua na função dos nervos e músculos. Queijo, leite, iogurte, salmão, sardinha, brócolis e amêndoas são ricos em cálcio. Para melhor absorção, o corpo precisa de vitamina D, que o organismo produz a partir dos raios solares. Por isso, tente manter uma exposição leve ao sol por 10 ou 15 minutos ao dia, pelo menos.

Carboidratos


A vontade constante de carboidrato pode ser um sinal de que o seu corpo está fraco em um aminoácido chamado triptofano, que tem papel importante no humor, uma vez que ajuda a regular a serotonina no cérebro. A ausência dele pode acarretar não só no mau humor, mas também ansiedade e problemas para dormir. Embora os carboidratos não contenham este aminoácido, especialistas acreditam que o aumento de açúcar no sangue ajude a levar mais desta substância para o cérebro. Boas fontes podem ser encontradas em alimentos como peru, leite, ovos, castanha de caju, queijo cottage e bananas.