Dê adeus à rinite e sinusite com estes 8 remédios caseiros!

Dê adeus à rinite e sinusite com estes 8 remédios caseiros! A sinusite é o resultado da inflamação da membrana que envolve as cavidades ósseas que entram em contato direto com o nariz.

Em geral, a sinusite ocorre depois de uma gripe mal curada, com um fungo ou vírus afetando a área da inflamação.

A rinite é uma inflamação de origem alérgica da mucosa nasal. Pois, é uma resposta do organismo a alguma substância nociva que o nariz repele.

As pessoas que têm rinite e sinusite sofrem mais no inverno e quando ocorrem variações climáticas.

A medicina natural tem um vasto repertório de tratamentos para às duas doenças.

Neste post, vamos ensinar oito deles:

Remédio 1

Selecione estes ingredientes:

1 laranja

30 gotas de própolis

2 fatias de abacaxi fresco

200 ml de água filtrada

Modo de preparo:

Descasque a laranja de modo que fique apenas com a polpa, ou seja, descarte a parte branca.

Coloque no abacaxi juntamente com abacaxi e água.

Misture bem até virar um suco.

Em seguida, coloque em uma panela e aqueça em fogo médio.

Antes de ferver, adicione as gotas de própolis e retire do fogo

Deixe esfriar e guarde em um frasco de vidro e feche bem.

Tome duas colheres (sopa), uma pela manhã e outra à noite.

Remédio 2

Coloque para ferver 1 litro de água.

Assim que entrar em ebulição (formar as bolhinhas), adicione 5 colheres (sopa) de sal.

Depois, aproxime a cabeça (não muito para não se queimar) e inale os vapores desta preparação por cinco minutos.

Repita o processo a cada hora (fazendo toda a preparação de novo) e verá como melhorarão as vias respiratórias.

Hipertensos não devem fazer este tratamento.

Remédio 3

Pegue 1 pedaço (5 cm) de gengibre e 2 xícaras de água

Coloque para ferver e, quando levantar fervura, espere 5 minutos e adicione 1 folha de eucalipto.

Tampe a panela e espere amornar.

Coe e, na hora de servir, adicione o suco de 1 limão e 2 colheres (sopa) de mel puro.

Remédio 4

Faça um chá forte de camomila.

Desligue o fogo e imediatamente abaixe a cabeça em direção à panela do chá e calmamente respire o vapor.

Não fique muito perto para não irritar os olhos.

Para facilitar, você pode cobrir a cabeça com uma toalha.

O importante é você inalar o máximo possível dos vapores da camomila.

Faça isso três vezes ao dia por pelo menos duas semanas.

O tratamento vai deixar os seios nasais limpos e descongestionados.

Crianças a partir de 7 anos podem fazer esta inalação.

Remédio 5

Outro vapor excelente para inalar é o óleo essencial de eucalipto (compra-se em lojas de produtos naturais).

Basta adicionar umas gotinhas em 1 litro de água fervente e, logo em seguida, inalar os vapores por 5 minutos.

Remédio 6

Ferva, assim que acordar, 1 litro d’água em panela de vidro ou inox.

Desligue o fogo e acrescente uma folha de eucalipto (da fininha) mais duas folhas de amora.

Tome uma xícara desse chá em jejum e o restante durante o dia, e sempre nos momentos de crise.

Remédio 7

Coloque 1 colher (sopa) de água oxigenada 10 volumes em 1 copo de água não clorada e use como spray nasal ao longo do dia.

Remédio 8

Misture meia colher (chá) de sal marinho e meia colher (chá) de água oxigenada 10 volumes em um copo de água não clorada.

Use esta solução para irrigação nasal, usando uma seringa ou outro dispositivo de irrigação.

Faça isso uma vez por dia durante alguns dias até obter alívio.

Mas não abuse: o uso acima do recomendado pode irritar as mucosas.

E, pela presença de sal, hipertensos não devem fazer esta receita.

Dê adeus à rinite e sinusite

Como diferenciar cada tipo de sinusite

1. Sinusite viral

Acontece na grande maioria das vezes, em cerca de 80% dos casos, devido a um resfriado simples, e surge em pessoas com sintomas de corrimento nasal, geralmente transparente ou amarelado, mas que também pode ficar esverdeado. 

Este tipo de sinusite causa sintomas mais leves ou suportáveis e, quando há febre, não costuma passar os 38ºC. Além disso, a sinusite viral pode estar acompanhada de outros sintomas de virose, como dor na garganta, conjuntivite, espirros e obstrução do nariz.

2. Sinusite alérgica

Os sintomas de sinusite alérgica são parecidos com os de sinusite viral, entretanto, acontece em pessoas que tiveram uma crise recente de rinite alérgica, ou que se expuseram a situações que costumam causar espirros e alergias em algumas pessoas, como frio intenso, ambiente seco, roupas guardadas ou livros velhos, por exemplo.

É comum que as pessoas que apresentam uma crise de alergia tenham, também, coceira no nariz e na garganta, espirros frequentes e vermelhidão dos olhos. 

3. Sinusite bacteriana

A sinusite causada por uma infecção por bactéria acontece em apenas 2% dos casos desta doença, e costuma ser suspeitada quando há febre acima de 38,5ºC, forte dor na face e secreção de aspecto purulento pelo nariz e garganta, ou quando os sintomas, mesmo que leves, persistem por mais de 10 dias. 

4. Sinusite fúngica

A sinusite fúngica costuma estar presente em casos de pessoas que têm uma sinusite persistente, que não melhora com o tratamento e com sintomas se arrastam por muito tempo. Nestes casos, pode haver sintoma apenas localizado em um região da face, e, geralmente, não provoca outros sintomas como secreção pelo nariz e febre. 

De acordo com o tempo de duração da infecção, a sinusite pode ser dividida em:

  • Aguda, quando dura até 4 semanas;
  • Subaguda, quando dura entre 4 e 12 semanas;
  • Crônica, quando a duração é maior que 12 semanas, com micro-organismos resistentes ao tratamento, que pode se prolongar por vários anos.

Esta informação foi útil? Compartilha com mais alguém.

Michele Salvino
Meu nome é Michele Salvino. Estou no último semestre da faculdade de Nutrição. Sou apaixonada pelo estilo de vida saudável, por práticas que facilitem o bem-estar.