Conheça os antioxidantes mais poderosos do mundo

alimentos antioxidantes
Antioxidantes alimentos

Antioxidante é a palavra do momento em saúde e bem-estar. Alimentos ricos em substâncias antioxidantes são essenciais para a obtenção de uma saúde plena e equilibrada, pois estes nutrientes protegem as células sadias do organismo contra a ação maléfica dos radicais livres. 

Entender a ação do processo oxidativo

Para entender os antioxidantes, primeiro é preciso entender a ação do processo oxidativo e dos famosos radicais livres no nosso organismo. “Só de respirar a gente provoca oxidação”, explica diz Karina Al Assal, nutricionista e mestre em ciências pela Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo). Ou seja, esse processo é natural e ocorre quando nossas células processam o oxigênio para transformá-lo em energia. Essa reação química acaba produzindo os radicais livres, moléculas que ficam “soltas” pelo corpo à procura de “pares” causando danos às células e ao DNA pelo caminho. O corpo dá conta de reparar um pouco desse dano natural. O grande problema é que os radicais livre.

O que são radicais livres?

Embora os radicais livres são produzidos pelo organismo durante a queima de oxigênio que ocorre nos processos metabólicos. Pois na verdade, eles são uma resposta biológica natural a toxinas ambientais como a fumaça do cigarro, a radiação, a luz solar, os produtos químicos, entre outros.

Apesar de o próprio organismo se defender por meio de enzimas protetoras, estas não dão conta quando há um excesso de radicais livres sendo produzidos. Então é aí que entram os antioxidantes, que agem apenas como moderadores — e não como bloqueadores —, reduzindo a concentração de radicais livres.

Quais são os antioxidantes produzidos pelo organismo?

Alimentos com antioxidantes
Conheça os antioxidantes

Conheça os antioxidantes que somos capazes de produzir:

Glutationa

A glutationa é considerada o antioxidante mais poderoso produzido pelo organismo. Então o que faz ela tão especial é que ela é encontrada no interior das células e tem a capacidade única potencializar a ação de outros antioxidantes, como vitaminas C e E, CoQ10 e ácido alfa-lipóico.

Por entanto, a principal função da glutationa é proteger as suas células de dano oxidativo e peroxidativo. Além de ser essencial para a desintoxicação, utilização de energia e a prevenção de doenças atreladas ao envelhecimento.

Ao longo dos anos a capacidade do seu corpo produzir glutationa diminui. Porém, existem nutrientes que podem estimular a produção deste antioxidante, como por exemplo proteína e curcumina, alimentos como leite cru, abacate, ovos, carneiro alimentado no pasto e muitos outros.

Ácido alfa-lipóico (ALA)

Apesar de agir na eliminação de radicais livres, esse antioxidante age reforçando a sensibilidade à insulina e como um potente quelante de metal pesado. O ALA é o único antioxidante que chega ao cérebro oferecendo benefícios para pessoas com doenças cerebrais.

Pois ele também tem a capacidade de regenerar outros antioxidantes, como vitaminas C, E e a glutationa. O que significa que quando seu corpo gastou esses antioxidantes, o ALA ajuda no processo de criar eles de novo.

CoQ10 (Ubiquinona)

Embora a ubiquinona é usada por todo célula no seu corpo. Porém é preciso entender que o seu corpo converte o componente original (CoQ10) para uma versão reduzida (ubiquinona) maximizando seus benefícios.

Ubiquinona beneficia o organismo de várias formas, além de proteger seu corpo de radiciais livres (como todo antioxidante). Ela produz energia para as células, fornece suporte para o sistema imunológico e nervoso, reduz os sinais de envelhecimento e trabalha na manutenção dos níveis de pressão arterial.

Quais são os antioxidantes mais poderosos adquiridos por meio do consumo de alimentos?

Resveratrol

O resveratrol é um composto fenólico, do tipo estilbeno, da classe dos polifenóis não flavonoides encontrados na uva e seus derivados, e tem despertado interesse devido a seus efeitos à saúde.

Os vinhos brasileiros possuem em sua composição elevados níveis de resveratrol, assim como os sucos de uva. É tão eficaz no processo de retardar o envelhecimento que é conhecido como “fonte da juventude”.

Ele ainda é conhecido por:
  • Agir contra a propagação do câncer de próstata
  • Reduzir a pressão arterial
  • Manter o coração saudável
  • Prevenir a doença de Alzheimer
  • Normalizar a resposta anti-inflamatória
  • Melhorar a elasticidade dos vasos sanguíneos.

​Pode ser consumido por meio da ingestão dos alimentos citados acima ou por meio de complementação.

Carotenoides

Os carotenoides são importantes pigmentos lipossolúveis responsáveis pelas cores laranja, amarela e vermelha presentes em bactérias, algas, fungos e vegetais. Nos organismos fotossintetizantes, participam como coadjuvantes no processo de fotossíntese e ajudam a proteger contra os possíveis danos causados pela luz. Os humanos não são capazes de produzir esses pigmentos, mas podem adquiri-los alimentando-se de vegetais.

O primeiro organismo identificado como uma fonte de carotenoides foi a cenoura em 1831. Por essa razão, o nome do pigmento deriva justamente do nome científico desse vegetal: Daucus carote. Estima-se, hoje, que existam aproximadamente 600 carotenoides diferentes na natureza.

Astaxantina

Astaxantina é um carotenóide.

Ao contrário de outros carotenóides, não se converte em Vitamina A no corpo humano. O excesso de Vitamina A pode ser tóxico ao corpo humano, mas a Astaxantina não. É um poderoso antioxidante, cerca de 10 vezes mais eficaz que outros carotenóides.

Quando falamos dos antioxidantes mais poderosos do mundo a incrível astaxantina não poderia ficar de fora… Pois é considerada o mais poderoso antioxidante da natureza!

Você já parou para pensar porque o peixe salmão possui aquela coloração? Isso acontece devido ao grande acúmulo de carotenóides provenientes de sua alimentação, destacando entre eles a astaxantina.

Flavonoides

São substâncias produzidas por vegetais que protegem contra a ação maléfica da radiação solar, bem como contra organismos patógenos. Elas inibem a atividade das enzimas responsáveis pela produção de radicais livres.

Fontes de flavonoides: frutas de coloração avermelhada — morango, uva, maçã, mirtilo (blueberry), romã e framboesa —, vegetais — brócolis, couve, espinafre, e salsa —, oleaginosas como nozes, sementes como a linhaça e bebidas como café, vinho e chás de boa qualidade e correto modo de preparo.

Vitamina C

Um dos antioxidantes mais conhecidos, a vitamina C traz inúmeros benefícios à saúde. Dentre eles vale destacar:

  • O combate a oxidação das células por ser uma grande doadora de elétrons
  • A proteção de proteínas, lipídios e outros elementos importantes para a manutenção das células
  • Atuação na síntese de colágeno, que é um componente importante para ossos, vasos sanguíneos, pele, tendões e ligamentos

Fontes de vitamina C: frutas cítricas — laranjas, limões, tangerinas —, abacaxi, mirtilo (blueberry), kiwi, manga, morango framboesa, vegetais — brócolis, couve-de-bruxelas, espinafre, couve-flor, batata, tomate, batata-doce e moranga. Diante da carência desse antioxidante também é possível fazer uma complementação alimentar.

Vitamina E

E para finalizar a nossa lista de antioxidantes mais poderosos do mundo temos a vitamina E.

Ela é composta por oito substâncias diferentes — quatro tocoferóis e quatro tocotrienóis. É possível consumir todos eles por meio de uma alimentação variada. No entanto, se você fizer complementação de vitamina E, apenas consumirá um deles.

Fontes de vitamina E: folhas verdes — espinafre, agrião, rúcula, entre outros —, óleos vegetais e derivados, cereais integrais, oleaginosas — castanha-do-pará, avelã, amêndoa, nozes — e sementes.

Qual é a melhor maneira de consumi-los?

Confira algumas dicas de consumo para potencializar a ação e a absorção dos antioxidantes!

  • Uma boa dica para potencializar os antioxidantes dos vegetais é consumi-los crus.
  • As frutas são ricas em antioxidantes, mas também contêm frutose. Por isso, é aconselhável consumi-las no contexto de uma alimentação saudável e adequada em quantidades (para tanto, busque um nutricionista que lhe orientará a respeito).
  • Consuma folhas verdes, pois os vegetais são ricos em fitoquímicos, que são compostos de plantas que agem no organismo como antioxidantes — eles são ótimos para reduzir a inflamação e eliminar carcinógenos.

E então? Enfim gostou do post sobre os antioxidantes mais poderosos do mundo e como eles agem? Agora que você já conhece os antioxidantes mais potentes, que tal incluir os na sua alimentação?

Michele Salvino
Meu nome é Michele Salvino. Estou no último semestre da faculdade de Nutrição. Sou apaixonada pelo estilo de vida saudável, por práticas que facilitem o bem-estar.