Combata o Diabetes com Banana Verde Glicemia no Nível Ideal

A banana verde ajuda a manter a glicemia no nível ideal, evitando o desenvolvimento  do diabetes tipo 2.

O diabetes pode ser classificado em dois tipos, 1 e 2

No primeiro caso, o pâncreas deixa de produzir insulina — hormônio responsável por converter o açúcar em energia para o corpo – e atinge principalmente crianças e adolescentes. 

É um processo autoimune, em que o próprio organismo destrói as células beta do pâncreas, produtoras de insulina.

Por isso, a pessoa necessita tomar várias doses do hormônio por dia para manter sua taxa de açúcar no sangue em níveis adequados. Compreende menos de 10% dos casos de diabetes.

No segundo caso, o pâncreas produz insulina, no entanto, ela não é aproveitada da forma correta pelo organismo. Os fatores mais comuns para o desenvolvimento do diabetes tipo 2 são o sedentarismo e a obesidade.

Em ambos os casos, os cuidados com a alimentação são fundamentais para manter os níveis ideais de glicemia. Para isso, incluir a banana-verde nesse processo é uma ótima opção. Confira os motivos:

Banana verde possui muitas fibras e ajuda no combate ao diabetes

As fibras presentes na banana verde são responsáveis por diversos benefícios. Em especial para combater o diabetes tipo 2. Elas regulam a absorção intestinal dos açúcares provenientes dos alimentos, evitando os picos de glicemia no organismo. 

Quando há o excesso de açúcar no sangue, o pâncreas é forçado a liberar maior quantidade de insulina para manter os níveis ideais. Quando isso acontece com frequência, alguns órgãos criam resistência ao hormônio, fator que pode se tornar um gatilho para o desenvolvimento do diabetes tipo 2. 

Além disso, o excesso de insulina no corpo pode se tornar gordura visceral, aquela que se acumula no abdômen e é responsável pelo desenvolvimento de acidente vascular cerebral (AVC). 

Banana verde possui amido resistente e ajuda no combate ao diabetes

Este nutriente é mais um trunfo da banana verde para os diabéticos. Assim como as fibras, o amido resistente não é digerido pelas enzimas da digestão, facilitando a eliminação pelo organismo. 

Nesse processo, ele ajuda a diminuir a absorção de glicose e gorduras pelo organismo, fatores que beneficiam o paciente com diabetes. Além do mais, a substância aumenta a sensação de saciedade, evitando os ataques contínuos à geladeira, ajudando quem quer emagrecer

Dica: Para que o amido resistente apresenta todas essas características citadas acima, é necessário que ele seja aquecido ou cozido.  As propriedades químicas são tão ativas em altas temperaturas.  

20 Benefícios da farinha de banana verde para Sua Saúde! Vídeo abaixo

Tenha hábitos alimentares

Engana-se quem pensa que o diabético deve apenas excluir o açúcar do cartão.  Para controlar a glicemia e evitar como conseqüências da doença, é necessário adotar também uma alimentação equilibrada. 

Os diabéticos, assim como os indivíduos que buscam uma alimentação mais saudável, devem dividir as refeições e se alimentar algumas vezes ao dia. 

Beber bastante água, comer frutas, verduras e legumes, dar preferência a alimentos mais saudáveis, evitar frituras e alimentos gordurosos, abusar dos alimentos ricos em fibras, evitar alimentos ricos em açúcar e fazer atividade física moderada são as principais indicações.  

Fugir de vícios como o consumo de bebidas alcoólicas e o cigarro são outras etapas importantes para se manter saudável.

Quais os níveis ideais de taxa de açúcar?

Combata o Diabetes com Banana Verde  Glicemia no Nível Ideal

Para saber se o seu nível de açúcar no sangue está no dia, um exame de glicemia no jejum pode ajudar. O resultado é dado em miligramas de glicose por decilitro de sangue.  

Confira os resultados: 

  • Até 99mg / dl: normal De 100 a 126mg / dl: glicemia em jejum alterado, ou pré-diabetes
  • Acima de 126mg / dl: diabetes, sendo os outros testes para confirmar a suspeita

Alimentos com digestão lenta e baixo índice glicêmico (que liberam glicose lentamente no organismo) têm sido associados como melhor controle do diabetes e banana verde possui esses recursos.

Como usar farinha de banana verde

A quantidade de farinha de banana verde que se deve consumir por dia é de até 30 gramas. Você pode adicionar até 2 colheres (de sopa = 20g) num copo de água e tomar em jejum ou adicionar no iogurte, na fruta, na vitamina de frutas ou no feijão, por exemplo.

Ela não tem um sabor forte e também pode ser usada para substituir a farinha de trigo no preparo de bolos, muffins, biscoitos e panquecas. 

Mas é importante consumir mais água que o habitual para garantir que o bolo fecal fica bem hidratado, facilitando sua saída. Caso contrário, as fezes ficarão muito secas.

Veja Também : 5 HTP: Noite de sono tranquila e reparadora e mais ânimo