Calêndula e seus Benefícios Terapêuticos para Saúde

calêndula para que serve

No Brasil, a calêndula se adaptou com facilidade, principalmente no sul e sudeste. Hoje é cultivado tanto para fins ornamentais quanto para o cuidado da nossa saúde.

Conhecida como “bem-me-quer, mal-me-quer”, a calêndula é uma planta da família das margaridas.

Com pétalas alaranjadas e exuberantes, a calêndula é uma planta que chama a atenção por sua beleza. Com pétalas alaranjadas e exuberantes, a calêndula é uma planta que chama a atenção por sua beleza.

A planta não deve ser admirada apenas como ornamental, mas também funcional — possui inúmeros benefícios para o nosso organismo.

Isso ocorre porque ela tem propriedades curativas que são boas para o coração, limpa o sistema digestivo, melhoram a saúde da pele, previne a ação de bactérias e muito mais.

Com tudo isso em mente, fica uma dica: acrescente essa planta à sua dieta! Ainda tem dúvidas? Saiba mais sobre seus benefícios e veja o que fazer para incorporar a calêndula em sua dieta:

calêndula benefícios

Propriedades anti-inflamatórias ajudam a aliviar a dor de garganta

Você sabia que a calêndula também pode ajudar a tratar dores de garganta? Isso porque tem propriedades anti-inflamatórias capazes de agir diretamente no muco inflamado para aliviar a dor.

Vale ressaltar que o mesmo poder anti-inflamatório é utilizado para tratar a pele irritada por queimaduras solares, picadas de insetos, arranhões, ressecamento ou acne. Para fazer isso, basta extrair o óleo e aplicá-lo diretamente na área afetada.

Sistema cardiovascular

Por ajudar a controlar os níveis de colesterol, um dos maiores benefícios da calêndula está relacionado ao coração. Ajuda a manter um órgão saudável prevenindo doenças relacionadas ao sistema cardiovascular, como, por exemplo, acidente vascular cerebral, infarto e arritmias.

Sistema digestivo também aproveita as vantagens da planta

Mais um benefício da calêndula é que ela pode melhorar o metabolismo — ajudar as pessoas que desejam seguir uma dieta saudável — e promover a limpeza do sistema digestivo para tratar e prevenir infecções e dores.

Alivia os sintomas da TPM

Devido aos seus efeitos calmantes, a erva ajuda a aliviar os sintomas da Benefícios, como irritabilidade e estresse. Também ajuda a controlar e regular o ciclo menstrual.

Previne doenças por ter antioxidantes e ajuda a diminuir a febre e cólicas

Rica em vitaminas e minerais, a composição da calêndula também contém antioxidantes, como o betacaroteno. Portanto, pode combater os radicais livres, ajudando assim a reduzir as “chances” de doenças graves (como o câncer) e prevenir o envelhecimento celular.

E não para por aí: entre as propriedades medicinais da calêndula, também ajuda a reduzir a temperatura corporal durante a febre e reduz as cólicas menstruais por melhorar a circulação sanguínea.

Como usar a calêndula

A parte mais utilizada são as flores secas, que podem ser utilizadas para fazer chás, infusões, banhos, pomadas, cataplasmas ou tinturas.

Algumas das maneiras mais populares de usar calêndula em casa incluem:

  • Gargarejos: preparar o chá de calêndula morno para gargarejar por 30 segundos e repetir 3 a 5 vezes;
  • Infusão para limpeza de feridas: preparar o chá de calêndula, deixar esfriar e depois utilizar a infusão para lavar a ferida;
  • Chá de calêndula: colocar 2 colheres de sopa das flores da calêndula em 1 xícara de chá de água fervente e deixar descansar por 5 minutos. Depois coar e beber 1/2 xícara de manhã e meia xícara à noite;
  • Cataplasma: amassar folhas e flores da calêndula em um pano limpo (gaze) e pôr em cima da ferida ou acne, deixando atuar durante 30 minutos.

A calêndula também pode ser encontrada na forma de pomada em farmácias e lojas de produtos naturais, que pode conter outras substâncias naturais que também auxiliam na cicatrização.

Quem não deve usar

Devido à falta de pesquisas em gestantes e crianças menores de 6 anos, a calêndula só deve ser usada nesses grupos sob a orientação de um médico.

Possíveis efeitos colaterais

Embora raro, algumas pessoas podem apresentar sintomas de uma reação alérgica na pele, como vermelhidão, inchaço e coceira. Nesse caso, deve-se usar água fria para lavar a pele e remover a substância.

Michele Salvino
Meu nome é Michele Salvino. Estou no último semestre da faculdade de Nutrição. Sou apaixonada pelo estilo de vida saudável, por práticas que facilitem o bem-estar.