Benefícios da alcachofra: veja agora quais são

Que grande parte dos alimentos, mais especificamente frutas, legumes e plantas, fazem bem para a nossa saúde, é um fato, onde um grande exemplo quem vem sendo muito citado é os benefícios da alcachofra.

Dessa forma, estamos falando de uma planta que vem se tornando bastante famosa no mercado, tendo um enorme potencial para possíveis resultados.

Planta alcachofra. Fonte: Pixabay

No entanto, você sabe ao certo o que é a alcachofra? Como preparar? Quais são seus verdadeiros benefícios?

Principalmente nesse atual cenário, manter a saúde é algo essencial, e aproveitar essas opções naturais, é o principal caminho.

Portanto, citaremos a seguir tudo sobre essa planta, mostrando todos os principais benefícios da alcachofra, como ela funciona e dentre outras coisas.

Então, não saia daí!

O que é alcachofra?

Como já dito anteriormente, a alcachofra surge diretamente para fins na saúde, onde pode ser consumida de várias formas diferentes, com um único objetivo de melhorar a saúde.

Vale ressaltar que, a alcachofra é uma planta nativa do Mediterrâneo, cujo nome significa “planta espinhuda”, o que remete a sua aparência.

Dessa forma, caso você não conheça, essa considerada por muitos como uma simples planta, possui características, como:

  • Anti-esclerótica
  • Digestiva
  • Depurativa do sangue
  • Laxante
  • Diurética
  • Anti-térmica
  • Anti-tóxica, entre outras.

Aliás, pegando uma alcachofra são encontrados uma maior parte de água, 86,5% especificamente, além de proteínas, carboidratos, ferro, fósforo, cálcio, vitaminas, e o melhor, possui valor calórico baixíssimo, uma média de 60 calorias.

Benefícios da alcachofra

A alcachofra é uma planta realmente muito necessária para a saúde, isso porque ela tem benefícios para quase tudo no corpo humano.

Incluindo esses benefícios da alcachofra que serão mostrados, essa planta também pode ser usada para auxiliar no tratamento de anemia, aterosclerose, diabetes, febre, doenças do coração, hemorroida, gota, urticária, tosse, e muitas outras.

Veja agora mais detalhados alguns dos pontos em que a alcachofra ajuda na saúde.

Inibe o crescimento de bactérias

Foi comprovado em um estudo realizado pelo Brazilian Journal of Food Technology, que os extratos aquosos e alcoólico do chá da alcachofra conseguem inibir o crescimento das bactérias que causam infecções cutâneas, pneumonia ou sinusite, e intoxicação alimentar.

No entanto, o estudo que observou o efeito desses extratos da alcachofra foram feitos in vitro, ou seja, são realizados fora de um organismo vivo, e são feitos normalmente em células, tecidos e órgãos isolados.

Entretanto, apesar desse primeiro estudo não ter comprovações que funciona dentro de um organismo, uma outra pesquisa realizada no Brasil concluiu que a alcachofra possui sim ação bactericida.

Portanto, você pode afirmar que estamos falando de uma planta natural, e com um bom poder de resultado contra bactérias.

Reduz o colesterol

De início, estudos já comprovam que o extrato da alcachofra diminui o colesterol ruim (LDL), reduzindo assim os níveis de colesterol no sangue.

Sendo assim, os flavonoides, que são antioxidantes, os quais dão a cor roxa da planta, são os responsáveis por reduzir esse colesterol, ajudando a inibir esse problema de saúde.

Inclusive, a alcachofra contém mais duas substâncias que auxiliam nesse processo, onde uma é a cinarina, que contribui na quebra de gordura e combate o colesterol, e a outra é inulina, que atrai as gorduras para que sejam eliminadas pelas fezes.

Não é à-toa que muitas pessoas em algumas dietas, optam pelo uso principalmente do chá, como um acompanhamento que ajude na redução do colesterol.

Benefícios da alcachofra: Melhora a saúde do fígado

O fígado é um dos órgãos que requer um maior cuidado.

E para sua sorte, um dos benefícios da alcachofra, é justamente para esse órgão.

Desse modo, consumir o extrato dessa planta pode proteger o fígado de certos danos, e também aumenta a produção da bile, o que é bom, porque é ela ajuda a retirar toxinas que prejudicam o órgão.

Além disso, um estudo realizado com pessoas que tinham doenças que acometem o fígado mostrou que quando consumido diariamente 600 mg de extrato de alcachofra durante dois meses, é perceptível uma melhora no funcionamento do órgão.

Com isso, os pesquisadores acreditam que os responsáveis por essa notável melhora foram os antioxidantes presentes na planta.

Faz bem para a digestão

Foi feito um estudo com pessoas que sofriam com indigestão, ou seja, se sentem mal após a refeição.

Diante disso, após essa pesquisa, notou-se que dos benefícios da alcachofra também está inclusa a digestão.

Isso porque, essas pessoas tinham problemas de indigestão, onde depois que passaram 2 meses consumindo diariamente o extrato das folhas da alcachofra, os sintomas reduziram.

Sendo assim, por conta de substâncias presentes na planta como cinarina, taninos e inulina, veremos melhoras como o movimento do intestino mais acelerado e melhora na digestão de gorduras, o combate as intoxicações, e a proteção da flora intestinal.

Diminui a glicemia

Além de consumir a alcachofra, se você manter sua dieta bem equilibrada, isso favorecerá a redução da glicemia.

Isso porque, essa planta apresenta um baixo índice glicêmico, e também é rica em fibras.

Vale ressaltar que, o processo de redução da glicemia acontece pela ação da inulina, que é uma fibra vegetal, a qual regula a função intestinal.

Contudo, essas fibras ajudam tanto na prevenção quanto no controle da diabetes reduzindo a absorção de glicose no organismo.

Dessa forma, consumindo o extrato da alcachofra você conseguirá atrasar a atividade da alfa-glicosidase, enzima que decompõe o amido em glicose, o que influi no açúcar no sangue.

É muito comum que você encontre pessoas, principalmente que tenham problemas como diabetes, consumindo o chá ou extrato dessa planta.

Modo de uso da alcachofra

Após ver que muitos são os benefícios da alcachofra, e que ela pode trazer grandes resultados, certamente tenha se criado um grande desejo em usar ela.

E o melhor dessa planta é que, além de ter diversos benefícios para os mais variados problemas, ela também vai ter uma diversidade na hora do consumo.

Assim, você pode consumir a alcachofra de várias formas, como in natura, capsulas ou até em forma de chá, que é mais comum.

Confira a seguir um pouco mais sobre o modo de preparo dessa planta:

Cápsulas

Atualmente, as capsulas são suplementos alimentares que você pode usar em dietas para emagrecer e melhorar a digestão.

Isso porque, a planta estimula uma maior produção de bile pelo fígado, facilitando a digestão de alimentos com alto nível de gordura.

Além disso, apesar do modo de uso poder mudar de um fabricante para o outro, a dose habitual das cápsulas de alcachofra geralmente é de 1 cápsula antes do café da manhã, almoço e jantar, o que da um total de 3 por dia.

No entanto, vale ressaltar que não existem estudos que comprovem se as cápsulas são eficazes na perda de peso.

Uma grande vantagem das capsulas, é que além de trazer grande parte dos benefícios da alcachofra, elas ainda, são totalmente naturais, e praticamente qualquer pessoa pode consumir.

Você consegue encontrar essas capsulas facilmente em farmácias de manipulação, ou lojas de remédios naturais.

Chá

Caso você não saiba, mas é uma das formas mais comuns de preparo, a alcachofra pode ser feita em chá.

E o melhor, ela possui propriedades que ajudam no emagrecimento.

Isso porque, o chá da planta é diurético e desintoxicante, onde é capaz de limpar o organismo e eliminar gorduras, toxinas e líquidos em excesso.

Dessa forma, para preparar o chá basta colocar 2 a 4 g das folhas em uma xícara de água fervente, e deixar descansar por 5 minutos.

Por fim, é só coar e beber.

Alcachofra gratinada – forma alternativa de aproveitar os benefícios da alcachofra

Uma outra maneira de ingerir a alcachofra e desfrutar dos seus variados benefícios é preparando a alcachofra gratinada.

Sendo assim, para essa simples receita você só irá precisar de 2 flores de alcachofra, 1 pacote de creme de leite, e 2 colheres de sopa de queijo ralado.

Seguindo, é só colocar a alcachofra fatiada numa assadeira, e temperar tudo com sal e pimenta a gosto.

Por fim, coloque o creme de leite em cima, e jogue também o queijo ralado, levando tudo para assar no forno a 220°C.

Depois, basta você retirar do fogo, e servir em sequência.

Acredite, por mais que possa parecer algo diferente para muitos, o sabor é incrível, e de toda forma, ainda será possível aproveitar alguns de seus benefícios.

Contraindicações em relação aos benefícios da alcachofra

Por mais que estamos falando de uma planta 100% natural, e com características que trazem benefícios para saúde, ainda sim, ela deve ser evitada por alguns grupos.

Isso porque, algumas de suas propriedades, podem trazer complicações, em determinados estágios.

No entanto, você não precisa se preocupar, uma vez que as contraindicações são bem simples, e pequenas, apenas para grupos muitos específicos.

Veja a seguir, quem são as pessoas que devem evitar usar a alcachofra:

  • Lactantes
  • Gestantes
  • Pessoas com obstrução do ducto biliar
  • Pessoas com problemas digestivos
  • Crianças menores que 5 anos

Porém, é claro, que para cada caso tem a exceção, onde você pode se encaixar no grupo e poder tomar o chá, consumir a capsula ou até comer a alcachofra gratinada.

Mas, é ideal passar por um médico antes, afim de evitar possíveis complicações.

No mais, aqueles que estiverem fora desses grupos, podem aproveitar os benefícios da alcachofra, e utilizá-la no seu dia a dia.

Considerações finais

Depois de tudo que foi citado, você consegue ver que sim, muitos são os benefícios da alcachofra para sua saúde, e o melhor de tudo, 100% natural.

Então, o que você está esperando para colocar essa planta na sua rotina agora mesmo?

Nos vemos em breve.